ACORDEÃO É A BOLA DA VEZ NO CONSERVATÓRIO DE TATUÍ


Os sons dos teclados e botões de um instrumento diferente, mas popular no Brasil, têm conquistado as crianças de Tatuí (SP) depois que um curso de acordeão passou a ser oferecido no conservatório da cidade.
Anna Clara Silva Almeida, de 10 anos, afirma que sempre quis aprender a tocar um instrumento exótico e a paixão à primeira vista foi pelo acordeão.
“Eu estava procurando um instrumento que fosse diferente. Uma coisa que nem todo mundo toca. Aquele instrumento que você está na rua para e olha aquilo. Eu não escolhi o acordeão, ele me escolheu. Eu espero tocar para sempre”, diz.
Apesar de parecer um instrumento antigo, nove crianças entre sete e 12 anos aprimoram a habilidade no instrumento semanalmente de forma lúdica. O curso conta com fila de espera de tanto sucesso que está fazendo.
De acordo com o professor Bráulio Vidile, o importante é que no início a criança pegue amor pela música e a encare como uma brincadeira.
“Todo o aprendizado envolve jogos, brincadeiras e criatividade. Sempre dou um tema, por exemplo, do céu estrelado. E mexendo no instrumento eles encontram sons e compõem o que para eles é um céu estrelado. Assim, o aprendizado se desenrola e conforme eles crescem as composições ficam mais estruturadas”, explica.
O professor tem experiência internacional e quando dá uma “palinha” com o instrumento, as crianças ficam eufóricas.
“É um instrumento que traz alegria, tem várias músicas para tocar. Minha avó gosta. Quando minha avó vai em casa eu toco para ela, é legal, eu toco e ela canta”, afirma Erick da Silva Guimarães, de 8 anos.
Segundo Bráulio, a idade ideal para que a criança inicie o estudo do instrumento é de sete anos, tempo que também dura a habilitação do curso de acordeão. Para ele, a música auxilia no desenvolvimento e comunicação das crianças.

“O ensino de música nos nossos tempos é importante porque a música dá para a criança ainda mais ferramentas de comunicação. A gente vive em um tempo onde a criança fica no celular, computador, fechada no ‘mundinho’ dela e às vezes ela tem muito para comunicar e não sabe como. A música é uma linguagem não verbal, então é como se ela ganhasse, além do português, uma outra possibilidade de se expressar”, afirma.

O curso é oferecido de graça pelo Conservatório de Tatuí. Para participar, os candidatos precisam aguardar o período de inscrições. Em seguida, é realizada uma avaliação e eles podem ser chamados para a matrícula. O conservatório fica na Rua São Bento, 415.

Curso de acordeão é realizado para crianças no Conservatório de Tatuí (SP) — Foto: Reprodução/TV TEM

Francisco Junior

Jornalista, Escritor, Teólogo,